Vendas de Smart TVs aumentam significativamente… Descubra o principal motivo!

Reprodução: Google

Uma pesquisa feita no setor de televisões confirmou que a Samsung, líder do segmento, atingiu uma marca de quase 42% da parcela do mercado mundial em março deste ano e, paralelo à isso, aumentaram-se as vendas das Smart TVs. O motivo?

Você já deve ter imaginado o porquê: o fim da TV Analógica.

A pesquisa é da Eletros (Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos), que indica também que houve um aumento de 37% nas vendas dessas televisões no 1º bimestre do ano, comparado ao mesmo período de 2016.

Gustavo Assunção é vice-presidente de Consumer Eletronics da Samsung Brasil e disse, em entrevista à Exame, que os modelos Smart e os com resolução 4K foram os que tiveram mais saída nessas vendas.

“Temos um portfólio super democrático. Há Smart TV de 32 polegadas HD e modelos 4K. Essa ultra resolução é certificada por entidades internacionais porque as TVs não apresentam nenhum subpixel branco. Algumas fabricantes usam o padrão RGBW que não é certificado”, disse.

Sobre o fim da TV Analógica

O que vai haver é um desligamento analógico de TV (em algumas cidades isto já aconteceu – confira abaixo o cronograma completo do desligamento do sinal analógico).

Reprodução: Google

A mudança traz uma qualidade de imagem e som ao telespectador, no entanto, isso não agradou a todos. Afinal, agora será preciso ter uma TV mais moderna ou comprar um conversor digital.

Para ambos os casos, os consumidores precisarão se adaptar, ou seja, gastar dinheiro. (Isso se não tiver a TV moderna, é claro).

Essa medida também não agradou algumas emissoras mais populares, como o SBT, a Record e a Rede Vida, que juntas entraram com algumas ações para tentar deter tal mudança. Para eles, muito além da qualidade da imagem, isso beneficiaria diretamente outras emissoras, como a Rede Globo, que tem apostado na TV Paga.

Cronograma de desligamento do sinal analógico

  • Região de São Paulo: 29 de março
  • Região de Goiânia: 31 de maio
  • Região de Belo Horizonte: 26 de julho
  • Região de Recife: 26 de julho
  • Região de Salvador: 26 de julho
  • Região de Fortaleza: 26 de julho
  • Região de Campinas: 27 de setembro
  • Região de Ribeirão Preto: 27 de setembro
  • Região de Franca: 27 de setembro
  • Região de Santos: 27 de setembro
  • Região do Vale do Paraíba: 27 de setembro
  • Região do Rio de Janeiro: 25 de outubro
  • Região de Vitória: 25 de outubro
  • Região de Curitiba: 31 de janeiro de 2018
  • Região de Porto Alegre: 31 de janeiro de 2018
  • Região de Florianópolis: 31 de janeiro de 2018

Com informações da istoé e abril

Comente!

comentário