A Múmia terá Tom Cruise no Papel Principal para concorrer com grandes blockbusters

Reprodução: Google
O filme colocou Tom Cruise no papel principal para concorrer com outros grandes blockbusters nas bilheterias ao redor do mundo. Assim, com informações do The Hollywood Reporter, mostram estimativas de arrecadação de 40 milhões de dólares durante a abertura na América do Norte com o reboot.

O orçamento para produzir o filme foi de 125 milhões de dólares.

Uma curiosidade é que esse filme será o 1º longa do Dark Universe, um grupo compartilhado de monstros da Universal Pictures, que vai contar ainda com personagens como Lobisomem, Homem Invisível, Drácula, Frankenstein e outros, que vão aparecer nos próximos anos.

Sobre o filme, esse é um reboot, já que o 1º “A Múmia” foi lançado em 1997, com Brandon Frase no papel principal e foi elogiado. Mesmo assim, o filme só conseguiu acumular 1 bilhão de dólares no mundo todo.

Outros atores que farão parte do elenco são: Annabelle Wallis (do filme Annabelle), Sofia Boutella (do filme Kingsman: Serviço Secreto), Jake Johnson (de New Girl e Jurassic World), Courtney B. Vance (de American Crime Story) e Russel Crowe.

O novo filme é dirigido por Alex Kurtzman e foi escrito por Jon Spaihts (Prometheus); e deve chegar ao cinema nos próximos dias.

Reprodução: Google

Confira o enredo:

‘’Nas profundezas do deserto, uma antiga rainha (Sofia Boutella) cujo destino foi injustamente tirado está mumificada. Apesar de estar sepultada em sua cripta, ela desperta nos dias atuais. Com uma maldade acumulada ao longo dos anos, ela espelha terror desde as areais do Oriente Médio até os becos de Londres”.

Leia Também: Nicole Mitchell ou Razor é uma anti-heroína das Histórias em Quadrinhos que vai ganhar filme próprio!

O anúncio foi feito no Festival de Cannes, que aconteceu entre os dias 17 e 28 de maio, no sul da França.

Na oportunidade, os realizadores aproveitaram para fazer seus pitchs, ou seja, tentar vender seus projetos. Um dos argumentos foi justamente o de buscar investidores para a adaptação das Histórias em Quadrinhos Razor, que terá roteiro e direção de Rob Cohen, dos filmes “Velozes e Furiosos” e “Triplo X”.

O cineasta não vem de uma sequencia muito boa na carreira, apesar dos clássicos já dirigidos por ele. Para se ter uma ideia, os últimos lançamentos foram “O Garoto da Casa ao Lado” e “A Sombra do Inimigo”, que não foram bem recebidos pelas críticas.

“Sempre gostei de Razor desde a primeira publicação. A série tem temas operáticos, aborda o empoderamento feminino, a vingança; é uma história de amor e de ação deliciosamente sombria e que combina muito com nossos tempos”, declarou Cohen.

Razor parece ser a grande aposta do diretor.

Continue Lendo…

Com informações de ovicio

Comente!

comentário