Banco do Brasil lidera ranking de reclamações de consumidores após fechamento de agências

Reprodução: Google
O resultado refere-se ao 1º trimestre do ano e foi divulgado pelo Banco Central. O fato é importante porque aconteceu logo após o Banco do Brasil (BB) ter anunciado, no fim de 2016, o fechamento de 400 agências no país e a conversão de outras 400 em postos de atendimento.

O plano é agressivo e totalmente voltado para o mundo digital, a fim de que a instituição financeira consiga recuperar a sua rentabilidade.

Quanto às reclamações, o índice é obtido pela divisão do número de reclamações pelo número de clientes que o banco possui, multiplicado por 1 milhão. Com essa conta, o BB teve índice 25,84, ou seja, foram 1.536 reclamações nos 3 primeiros meses do ano.

As mais frequentes foram com o débito em conta que aparecia como “não autorizado pelo cliente”, além da oferta e da prestação de informação de produtos e serviços feitos de forma inadequadas.

Ganhar Dinheiro a partir do Zero é Possível? Sim, confira 3 Dicas de Como Conseguir isso!

Logo em seguida apareceu o Bradesco, com índice de 25,82. Depois a Caixa Econômica Federal, com 24,61. Em 4º lugar pareceu o Santander, com 21,87 e que foi seguido pela Itaú com 18,66.

Mudança na Pesquisa

Essa foi a 1ª vez que o Banco Central divulgou um ranking com dados trimestrais e o motivo é que, conforme o diretor de Relacionamento Institucional e Cidadania do BC, Isaac Sidney, os bancos podem ter mais tempo para resolver as reclamações.

Reprodução: Google

“A experiência da área técnica é que um mês para a publicação do ranking é um tempo escasso para melhorias e também para o próprio Banco Central fazer um trabalho de persuasão junto às instituições financeiras”, disse.

“A experiência tem mostrado que ampliar o período de divulgação do ranking é receber massa crítica de informações com maior e melhor qualidade que permita realmente identificar a causa raiz dos problemas no relacionamento com o cliente”.

Resposta do Banco do Brasil

Em nota enviada à imprensa, o Banco do Brasil disse que aproveita as manifestações de clientes e usuários para melhorar o atendimento e afirma que já implementou medidas para melhorar e retornar ao nível histórico do ranking, ou seja, ficar fora dos 4 primeiros colocados.

Com informações da UOL

Comente!

comentário