As 20 empresas que mais lucraram e as 20 que mais tiveram prejuízo no primeiro Tri de 2017

Entre os maiores prejuízos estão algumas empresas do setor de carne, mas se engana quem está pensando em JBS (Devido às notícias da Operação Lava Jato): as campeãs são a BRF e a Marfrig.

Ao todo, as 20 empresas representaram perdas de quase 3 bilhões de reais.

Do lado positivo, estão os bancos, principalmente, sendo que o setor financeiro foi o que mais lucrou no ano, conforme informações da consultora Economatica.

Os lucros ultrapassaram os 15 bilhões de reais.

Primeiro, confira a listagem com as empresas que mais lucraram!

Empresa – Setor – Lucro Líquido em R$ (000)

  1. Vale – Mineração – 7.891.113
  2. Itaú Unibanco – Bancos – 6.052.490
  3. Petrobras – Petróleo e Gás – 4.449.000
  4. Bradesco – Bancos – 4.070.687
  5. Banco do Brasil – Bancos – 2.443.021
  6. Ambev – Alimentos e Bebidas – 2.199.135
  7. Santander – Bancos – 1.824.455
  8. Eletrobras – Energia Elétrica – 1.393.625
  9. Cielo – Software e Dados – 1.001.764
  10. Telef Brasil – Telecomunicações – 996.803
  11. BB Seguridade – Seguros – 992.083
  12. Gerdau – Siderurgia e Metalurgia – 815.341
  13. BTGP Banco – Bancos – 720.067
  14. Sabesp – Água e Tratamento de Esgoto – 674.362
  15. Klabin – Papel e Celulose – 602.025
  16. Kroton – Educação – 493.673
  17. Engie Brasil – Energia Elétrica – 450.413
  18. Suzano – Papel e Celulose – 450.147
  19. Bradespar – Outros – 422.984
  20. Ultrapar – Química – 368.170
Leia também!  Possível Trilionário, Bill Gates fala em Pandemia viral 

Note que a Vale foi a empresa que mais lucrou no período, com crescimento de 1,58 bilhão de reais, ou seja, 25% a mais do que o mesmo período de 2016. Depois, o Itaú Unibanco, com ganhos de mais de 16%.

O estudo levou em conta todas as empresas de capital aberto listadas na BM&FBovespa, junto aos demonstrativos apresentados à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Agora, veja quais foram os maiores prejuízos.

Empresa – Setor – Prejuízo Líquido em R$ (000)

  1. BRF – Carnes e Derivados – 281.434
  2. PDG – Edificações – 275.720
  3. Rumo – Transporte Ferroviário – 249.193
  4. Marfrig – Carnes e Derivados – 233.210
  5. BR Pharma – Medicamentos – 230.949
  6. Oi – Telecomunicações – 200.161
  7. Dufry – Produtos Diversos – 192.439
  8. B2W – Produtos Diversos – 176.761
  9. Rossi Residencial – Edificações – 162.883
  10. Lojas Americanas – Produtos Diversos – 132.904
  11. Prumo – Serviços de Apoio – 111.794
  12. Triunfo Participações – Exploração de Rodovias – 100.964
  13. Renova – Energia Elétrica – 95.698
  14. Ampla Energia – Energia Elétrica – 79.160
  15. Contax – Serviços Diversos – 78.051
  16. Cosan Logística – Transporte Ferroviário – 70.922
  17. BTG Pactual – Gestão de Recursos – 67.969
  18. Tecnisa – Edificações – 63.433
  19. Telebras – Telecomunicações – 62.175
  20. CPFL – Energia Elétrica – 56.325
Leia também!  Você já ouviu falar de alguém que é Trilionário? Pois é, Bill Gates vem aí...

Com informações do infomoney e politicaemfoco