As 20 empresas que mais lucraram e as 20 que mais tiveram prejuízo no primeiro Tri de 2017

Reprodução: Google

Entre os maiores prejuízos estão algumas empresas do setor de carne, mas se engana quem está pensando em JBS (Devido às notícias da Operação Lava Jato): as campeãs são a BRF e a Marfrig.

Ao todo, as 20 empresas representaram perdas de quase 3 bilhões de reais.

Do lado positivo, estão os bancos, principalmente, sendo que o setor financeiro foi o que mais lucrou no ano, conforme informações da consultora Economatica.

Os lucros ultrapassaram os 15 bilhões de reais.

Primeiro, confira a listagem com as empresas que mais lucraram!

Empresa – Setor – Lucro Líquido em R$ (000)

  1. Vale – Mineração – 7.891.113
  2. Itaú Unibanco – Bancos – 6.052.490
  3. Petrobras – Petróleo e Gás – 4.449.000
  4. Bradesco – Bancos – 4.070.687
  5. Banco do Brasil – Bancos – 2.443.021
  6. Ambev – Alimentos e Bebidas – 2.199.135
  7. Santander – Bancos – 1.824.455
  8. Eletrobras – Energia Elétrica – 1.393.625
  9. Cielo – Software e Dados – 1.001.764
  10. Telef Brasil – Telecomunicações – 996.803
  11. BB Seguridade – Seguros – 992.083
  12. Gerdau – Siderurgia e Metalurgia – 815.341
  13. BTGP Banco – Bancos – 720.067
  14. Sabesp – Água e Tratamento de Esgoto – 674.362
  15. Klabin – Papel e Celulose – 602.025
  16. Kroton – Educação – 493.673
  17. Engie Brasil – Energia Elétrica – 450.413
  18. Suzano – Papel e Celulose – 450.147
  19. Bradespar – Outros – 422.984
  20. Ultrapar – Química – 368.170

Note que a Vale foi a empresa que mais lucrou no período, com crescimento de 1,58 bilhão de reais, ou seja, 25% a mais do que o mesmo período de 2016. Depois, o Itaú Unibanco, com ganhos de mais de 16%.

O estudo levou em conta todas as empresas de capital aberto listadas na BM&FBovespa, junto aos demonstrativos apresentados à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Agora, veja quais foram os maiores prejuízos.

Empresa – Setor – Prejuízo Líquido em R$ (000)

  1. BRF – Carnes e Derivados – 281.434
  2. PDG – Edificações – 275.720
  3. Rumo – Transporte Ferroviário – 249.193
  4. Marfrig – Carnes e Derivados – 233.210
  5. BR Pharma – Medicamentos – 230.949
  6. Oi – Telecomunicações – 200.161
  7. Dufry – Produtos Diversos – 192.439
  8. B2W – Produtos Diversos – 176.761
  9. Rossi Residencial – Edificações – 162.883
  10. Lojas Americanas – Produtos Diversos – 132.904
  11. Prumo – Serviços de Apoio – 111.794
  12. Triunfo Participações – Exploração de Rodovias – 100.964
  13. Renova – Energia Elétrica – 95.698
  14. Ampla Energia – Energia Elétrica – 79.160
  15. Contax – Serviços Diversos – 78.051
  16. Cosan Logística – Transporte Ferroviário – 70.922
  17. BTG Pactual – Gestão de Recursos – 67.969
  18. Tecnisa – Edificações – 63.433
  19. Telebras – Telecomunicações – 62.175
  20. CPFL – Energia Elétrica – 56.325

Com informações do infomoney e politicaemfoco

Comente!

comentário