5 Atores Brancos que representarem personagens negros no Cinema

Reprodução: Google

O assunto tem causado a maior polêmica em Hollywood porque atores brancos estão sendo encarregados de representar papéis de personagens de outras etnias, principalmente os negros.

  • Seria pela falta de diversidade da indústria cinematográfica?
  • Seria por uma questão de atuação do ator?

Para os cinéfilos, o hábito é totalmente desagradável.

Um estudo chamado “Desigualdade em 700 filmes populares”, publicado em 2014 pela University of Southern California, mostrou que a média de papéis falantes são dados à brancos em 75% dos casos, sendo que em alguns dos papéis os personagens eram de outras etnias.

Guardiões da Galáxia 2: Sylvester Stallone fará parte do elenco!

Foi daí desse estudo e de muitos outros que surgiram algumas expressões importantes:

  • Whitewashing: pintar de branco. Usado em relação ao cinema e significa o uso de atores brancos para representar personagens de outras etnias.
  • Blackface: rosto negro, que se refere à prática tetral de atores que se coloriam com o carvão de cortiça para representar personagens afro-americanos de forma exagerada.
  • Yellowface: maquiagem usada por atores brancos para representar personagens asiáticos.

Confira agora 5 atores brancos que representaram pessoas de outra etnia e que quase ninguém notou.

1 – Angelina Jolie como Mariane Pearl: no filme O Preço da Coragem (2007). A história conta uma história real, da jornalista Mariane Pearl, depois que o marido, Daniel, foi sequestrado e posteriormente assassinado por militantes paquistaneses.

Reprodução: Google

2 – Joseph Fiennes como Michael Jackson: no filme Urban Myths – Michael and Marlon (2016). O filme britânico foi feito para a televisão após os ataques terroristas de 2001 nos Estados Unidos.

3 – Bem Affleck como Antonio J. Mendez: no filme Argo (2002). O filme é baseado na história real do agente de alto nível da CIA que ajudou a orquestrar o resgate de seis reféns americanos do Irã em 1980. O filme recebeu Oscar.

4 – Julette Binoche como Maria Segovia: no filme os 33 (2015). A história verídica relata os 33 mineiros chilenos que passaram mais de 69 dias soterrados.

5 – Johnny Depp como Tonto: no filme o Cavaleiro Solitário (2013). A adaptação foca no guerreiro indígena americano Tonto e suas lembranças da história de origem de John Reid, o Cavaleiro Solitário.

Curiosidade

A história conta que por volta de 1830 um artista branco resolveu pintar o rosto de preto e os lábios de vermelho de forma caricata, com o objetivo de humilhar e esculhambar a população negra. A partir daí nasceu vários movimentos parecidos.

Com informações do huffpostbrasil

Comente!

comentário